Educação, impacto determinante.

By R. J. Rushdoony

 

É urgente, portanto, que os cristãos proclamem o renascimento

do homem em Cristo e o renascimento da sociedade através da

educação cristã. Em um mundo de homens agonizantes, o comando

será dos vivos. Para tanto, é imperativo que cristãos maduros sejam

treinados para exercer domínio em cada área da vida e pensamento.

Muitos cristãos hoje são imaturos e pouco treinados em termos do

conhecimento do pacto, e como resultado são cristãos incapazes.

 

É interessante notar que uma das palavras gregas do Novo Testamento

traduzidas como “ignaro” ou “ignorante” é literalmente no grego idiotes.

Seu significado moderno se encontra muito longe de seu significado

original, porém existe uma conexão válida. O cristão ignorante ou

“idiota” é ignorante da fé, e ignorante da conexão necessária entre todas

as áreas da vida e pensamento com as pressuposições da fé bíblica. Sem

o Deus trino e soberano não é possível nenhum conhecimento exceto

sobre as premissas que se tomam emprestadas da fé bíblica. Com a fé

no Deus da Escritura, chega a ser obrigatório termos uma educação

cristã bem pensada e cujo significado perpasse todas as áreas da vida.

 

Os cristãos têm a obrigação de desenvolver escolas primárias,

secundárias, escolas técnicas, universidades e cursos de pós-graduação.

A idéia da universidade é uma idéia cristã, e não pode durar muito

tempo sem a fé em Deus, em um universo criado por Ele e uma

estrutura de lei totalmente unificada e interrelacionada nesse universo.

Sem essa fé, desaparecem a unidade, a certeza e a consistência do

conhecimento.

 

Assim como a educação humanista está levando à morte do

homem humanista, uma educação verdadeiramente cristã é a única que

oferece vida ao homem e à sociedade em e através de Cristo.

Anúncios

About this entry