Escolhendo uma Igreja

by Greg Elmquist

Como posso escolher uma igreja? Visto que temos uma igreja em quase todas as esquinas, como uma pessoa pode escolher uma delas para freqüentar?

A resposta para esta pergunta será determinada, primeiramente, por nossa razão para freqüentarmos a igreja.

Muitos escolhem uma igreja (e neste artigo utilizo a palavra com um sentido bem livre) que oferece os programas mais interessantes e divertidos para sua família.

Muitos escolhem uma igreja como se estivessem escolhendo um spa ou um evento esportivo.

Outros escolhem uma igreja porque ela está em harmonia com o que eles sempre conheceram: a mesma denominação, estilo de culto e ambiente familiar. Na realidade, esta escolha é semelhante à que fazemos quando decidimos que teremos uma família. Estamos simplesmente apaixonados por aquilo que temos.

Alguns escolhem uma igreja que seja próxima do lugar onde moram. Este é um bom motivo para escolhermos uma loja de conveniência, mas não nos associamos a uma igreja por motivo de conveniência.

Alguns estão procurando por aquele “sentimento agradável e subjetivo”. Eles não podem censurar alguma coisa específica; podem apenas dizer: “Eu saberei quando estiver sentindo que algo é correto”. Esta pode ser uma boa maneira para decidirmos em favor do sabor de nosso sorvete, mas será que realmente funciona no que se refere a encontrarmos uma igreja? 

“Muitos vão ao lugar que eles conhecem e no qual eles sentem-se confortáveis com outra pessoa ou com outras pessoas”. Esse tipo de comunhão cria um ambiente propício a um excelente clube social, mas seria o critério que alguém deveria usar para associar-se com o lugar que tem o objetivo de cuidar de sua alma?

Finalmente, alguns escolhem uma igreja porque a pregação carismática do pastor os mantém despertos.

Deveríamos ficar admirados se estas palavras do apóstolo Paulo: “A presença pessoal dele é fraca; e a palavra, desprezível”, obtivessem qualquer sucesso no ministério pastoral de nossos dias.

A resposta à pergunta “Por que eu devo ir à igreja?” está ligada de maneira inseparável ao que eu percebo ser o propósito da igreja.

Se a razão da existência da igreja é servir aos homens, então, as razões que apresentamos acima são válidas. Por outro lado, se a verdadeira igreja existe para servir a Deus e aos seus objetivos, o melhor que temos a fazer é considerar a Palavra dEle e verificar o que nos diz a respeito de sua igreja.

O apóstolo Paulo definiu de maneira sucinta a verdadeira igreja, quando ele disse a Timóteo:

“A casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade”   (1 Tm 3.15).

Não violentaríamos a Palavra de Deus, se parafraseássemos estas palavras do apóstolo nos seguintes termos: “A verdadeira igreja é o lugar onde o verdadeiro Deus se encontra com aqueles que Ele chamou, os quais sustentam e defendem com firmeza a pessoa e a obra de Cristo Jesus, o Senhor”.

Existe somente uma pergunta a fazer para determinarmos se a igreja que freqüentamos é a igreja certa. Ali, o Cristo das Escrituras está sendo completamente pregado, honrado e seguido?

Muitos homens mentem a respeito do Senhor Jesus, por falarem coisas falsas sobre Ele. Outros mentem sobre Ele, por não dizerem a verdade a respeito dEle.

Se Cristo está sendo plenamente anunciado, o conteúdo da mensagem será preferido à maneira de ser apresentada; haverá agradável e estimulante comunhão com Ele; e o regozijo será incomparável a todos os entretenimentos.

E a consistência das Escrituras será muito superior à das minhas experiências passadas; e nenhuma distância ou barreira se tornará um obstáculo imenso.

Para obter a resposta certa, você precisa fazer a pergunta correta. Escolha cuidadosamente!

Anúncios

About this entry