“Fiquei na Carne!!”

by Pr. Wilson S. Bento

Esta expressão, tão falada nas igrejas dos nossos dias, tem na sua essência a mais impressionante manifestação da impiedade latente no meio da verdadeira igreja, pois certamente algumas pessoas que vivem “ficando na carne”, na verdade nunca sairam dela, o que acontece é que vez por outra se trasvestem de piedosos e a expressão (equivocada) mas mais correta seria dizer “fiquei no espirito”, pois não são e nunca foram cristãos, não sendo luz, vez por outra ficam iluminados.

Uma questão muito levantada é: Quando sei que vivo na carne e quando sei que vivo no Espírito?

A resposta é simples: A carne gera um tipo de vida e o Espírito gera outro tipo de vida. 

A diferença é tão grande que podem ser identificados ambos tipos de pessoas dentro da igreja, o que nos deixa claro o versículo de Mateus 7:20 Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.”

Frutos? Que frutos? Frutos de quem?

O versículo 15 diz de quem: dos falsos profetas. São eles que precisam ser detectados no meio da igreja, são eles que precisam ser evitados, conformar-se com eles no meio é o mesmo que ser cúmplice das obras deles, o que nos leva para o mesmo abismo em que serão lançados.

O versículo 21 nos dá uma grande alerta: nem todo que O chama de Senhor, é cristão autêntico, por isso essa aparência de cristianismo não é referência para nossa comunhão com as pessoas dentro da igreja, mesmo com os líderes. Ao mesmo tempo temos neste versículo que pessoas que fazem a vontade do Pai, são os que devem ser nossos amigos, mentores, pastores, professores. (Mas qual a vontade do Pai???)

O versículo 22 é mais específico em relação a aparência cristã: Falsos mestres, falsos pastores, falsos professores, chegam ao ponto de praticar certas obras na igreja com resultados aparentemente bons. No versículos eles alegam ter feito pregações (profecias), exorcismos, e maravilhas. E tudo em nome de Jesus!!!!!

Então o versículo 23 dá o veredicto: NUNCA VOS CONHECI; APARTAI-VOS DE MIM, VÓS QUE PRATICAIS A INIQUIDADE.

Tres coisas importantes aqui:

1. Nunca foram cristãos autênticos (Nunca vos conheci)

2. Serão lançados no inferno (apartai-vos de mim)

3. As obras deles dentro da igreja sempre foram iníquas

(Iniquidade: É a ação iníqua, de alguém que comete malvadez, crueldade, e comete injustiça. O castigo para isso? Isaias 26:21 e Salmo 5:4)

Frutos a serem observados nos falsos crentes e falsos pastores/profetas:

a. Ira (ficar na carne)

b. Mensagens direcionadas a pessoas (ataques, dardos, Efesios 6:16)

c. Dissimulação (sorriso para enganar enquanto faz o mal escondido)

d. Inconsistência teológica (defende posições e depois defende o contrário)

e. Incapacidade de ser claro ao transmitir a Palavra de Deus.

f. Manipulação de pessoas em grupos ou individualmente.

g. Mentiras sobre mentiras sem constrangimento algum.

h. Sintomas de estar fora de si, podendo ser possessão demoníaca.

i. Transmite esses sintomas para a igreja ou grupo de estudo.

j. Eliminação de tudo que se opõe ao sistema/esquema criado.

k. Aparente sentimento de vitória, mas constante recaída de fúria espiritual.

A Bíblia sempre esteve certa quando diz:

Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios;I Timóteo 4:1

Anúncios

About this entry